quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Moliére, jogos olímpicos e outras coisas - por Nine

Querida Guilhermina,

Acidente de trabalho:
Anteontem foi o aniversario da morte de Moliére. Nessa data, em 17 de fevereiro de 1673, morreu quase no palco trabalhando, um dos mais brilhantes atores, autores e diretores de teatro. Esse filho de tapeceiro do Rei, com licenciatura em Direito, Jean Baptiste Poquelin, renunciou ao negócio do pai para fundar o Illustre-Théatre.

Suas peças, que já causavam polêmica na época, são encenadas até hoje. Agora veja só, um pesquisador na França com a ajuda de um computador, se apoiando em ocorrências de linguagem, está convencido que numerosas de suas peças não são dele, mas de, pasmem! De Corneille!

Obtive essa informação no site évene.fr. Vou seguir o assunto com interesse. Será verdade? Será possível identificar a autoria verdadeira? E se for mesmo de Corneille, o que isso representara para os palcos? Vai mudar o valor das obras teatrais? O que vocês acham?...

***

O outro assunto que gostaria de colocar aqui na esquina é o seguinte: o RIO deve sediar mesmo os Jogos Olímpicos? O jornal "O Globo" publicou uma matéria em 14/02 dizendo que o J.O. do Rio podem custar o equivalente a 8 Jogos Panamericanos. Muito dinheiro... Será que o Rio não esta precisando desse dinheiro em outros lugares? Com os roubodutos habituais será que vai sobrar algo de bom para os cariocas? Li No blog POMEU que foi prometido metrô para Barra nos Panamericanos, e até hoje ninguém viu... Sei que vão me criticar, estou ausente como moradora há tempos, mas por mim não deveria sediar nada! Não seria melhor incentivar o esporte nas escolas de primeiro grau, equipando-as com bom material humano e pedagógico esportivo, incentivo financeiro à família de futuros atletas, bolsas de estudo? Sei não... Se existir um movimento "Não aos jogos olimpicos" estou dentro!

Lembranças à família, afetuosamente, beijos em você

Nine Azevedo

PS. Quando vir a Rita Ludolf, diga a ela, que creio que ela é minha mãe, nasci nela-dela no 87. Na época que ainda tinha pitangueiras na praia do Leblon rs...

3 comentários:

guilhermina, (ataulfo) e convidados disse...

Rita morreu de rir. Não sei se gostou da idéia de ter sido mãe tão precocemente... enfim, espero que ela te conte.

Moliére e um ghost writer!?!?!? O mundo já não era o mesmo!!!!!!!

Quanto aos JO, o assunto demanda uma tese, eu acho. Por um lado, o Rio precisa de ter devolvido seu reconhecimento de importância para o país. Não se maltrata uma cidade como essa... Nem se cospe em prato que se comeu tão fartamente (desculpe-me a grosseria), mas fico indignada em assistir tanto desacso a esta cidade que acolheu, historicamente, tanta gente de tantos cantos desse nosso país que não acaba mais. Devolver-lhe a importância cultural e turística é, no mínimo, reconhecer aquilo que lhe é de direito. E um evento deste porte pode colaborar, e muito, para isso. Além disso, não tem jeito, preparar a cidade para isso acabaria criando e reformando muito da infraestrutura, o que se faz mais que necessário, urgente, tal o abandono! E, talvez, só um evento assim torne isso uma prioridade. Do mesmo modo, o incentivo ao esporte (assim como à cultura) - duas ferramentas das mais valiosas até em políticas de inclusão - acabam ganhando força quando se tem um objetivo diante do mundo (vide o exemplo recente da China)... Mas, por outro lado, o custo de fato é para lá de altíssimo! E a relação custo-benefício precisa ser muito ponderada. Agora, todos esses argumentos caem por terra (ou para abaixo dela) se falarmos em roubodutos... Aí, querida, nada, absolutamente nada tem jeito.
Beijo,
Guilhermina

Nine de Azevedo disse...

Cara Guilhermina
E a Rita gostando ou nao ,foi mae jovem de filha cinquentona !Sao os revezes da vida ou alegrias!Ela que passe a pensar que seremos um caso a la Benjamim Bottom, filha que esta envelhecendo e mae se tornando mais jovem,sei la..na esquina a gente se encontra.Qtos aos J.O.,justamente, nao sei bem o que pensar.Fico em duvida, que talvez mesmo com os "robodutos" ,sobre algo de bom para os cariocas.Mas falando da China ,na época ,o site dos "reporters sans frontiéres" denunciaram a valer como comunidades inteiras foram expulsas e casas arrasadas sem indenizaçoes ,jornalistas e blogueiros presos!Nao creio que no Rio se passara algo assim ,mas tenho receio de ver que tanto dinheiro junto nao acabe virando uma negociata da China!Mas que a discussao continue ,por isso vivemos numa democracia!bjs afetuosos ao povo da esquina
Nine

Susanna disse...

Ai Guilhermina, eu acabo pendendo mais pra Nine que pra você no que se refere aos Jogos Mortais, quer dizer, Olímpicos.

Hoje eu estou meio.... Mefistofélica.

Beijos!